Search Here 
Português Inglês
Sala de Imprensa
Indicadores de actividade do 2.º trimestre de 2011

RECURSO AO CRÉDITO DESCE 16 POR CENTO

Lisboa, 09 de Agosto de 2011 – Os associados da ASFAC – Associação de Instituições de Crédito Especializado, concederam um total de 1.146 milhões de euros no segundo trimestre de 2011. Este valor representa um decréscimo de 16,4% face ao trimestre homólogo de 2010.

Este resultado surge na sequência da descida generalizada dos vários tipos de crédito. O crédito clássico registou uma descida de 15.7%, comportamento altamente influenciado pela descida de 19.3% nos montantes de crédito concedidos a particulares (que representa 90% do total do crédito clássico) já que os montantes de crédito financiados a empresas registaram uma subida de 25.6%. O crédito stock, registou também uma descida acentuada de 20.7%. Apenas o crédito revolving (existem também outros tipos de crédito indiferenciados cujos valores são residuais), se manteve em valores semelhantes aos do trimestre homólogo, registando um decréscimo de 1,8%, situando-se nos 172 mil euros de montantes financiados.

Em termos acumulados, analisando o primeiro semestre, os comentários são muito semelhantes já que todos os créditos têm trajectórias iguais aos do segundo trimestre, embora com magnitudes inferiores. Neste semestre, o crédito clássico regista uma diminuição de 10.8%, influenciado pelo crédito a particulares (-12.7%) apesar de uma subida no crédito a empresas (11.6%) , o crédito stock sofreu uma redução de 12.5% e o crédito revolving manteve-se em valores semelhantes aos do primeiro semestre do ano anterior, registando um pequeno decréscimo de 0.3%.

Seguindo a tendência dos trimestres anteriores, o crédito foi na sua maioria direccionado para a aquisição de meios de transporte, representando 71.5% do total do crédito concedido, seguindo-se o crédito lar com 15.7%. Nos dois casos verificou-se uma queda de, aproximadamente, 20% no volume de crédito financiado em relação ao trimestre homólogo. O crédito pessoal manteve a tendência de subida evidenciada desde o início do ano representando já perto de 11% do total de crédito clássico.

Durante este trimestre celebraram-se 106.601 contratos crédito clássico, (97.3% dos quais com particulares). Em média o valor atribuído por cada contrato, durante os meses de Abril a Junho foi de 4.108 euros, o que representa uma diminuição de 5% em relação ao mesmo período de 2010. 


 

 Para fazer o download deste documento, clique aqui (PDF, 124Kb)

 
 

 

Voltar / Back



Acessibilidade
Site suportado por Site Dinâmico
ASFAC © 2006 - Todos os Direitos Reservados